Pular para o conteúdo

Saiba como fazer um portfólio profissional

portfólio

Dentro do mercado, mostrar os trabalhos já realizados pode agregar um valor ainda maior para o profissional ou então para a empresa, e o portfólio é algo que pode contribuir para essa ação.

Sendo uma compilação de materiais ou trabalhos já desenvolvidos, o portfólio pode ser usado para atrair novos clientes, fechar acordos, permitir que se candidate a algum cargo ou para fins acadêmicos, já que o profissional pode mostrar por meio dele:

  • Habilidades;
  • Experiências;
  • Competências;
  • Qualificações.

Sendo diferente de um currículo que mostra um lado mais profissional para as empresas e pode até mesmo conter cartas de apresentação, o portfólio serve como algo para elevar o lado profissional demonstrando um pouco de como se trabalha.

Por exemplo, um profissional pode criar uma etiqueta kraft personalizada e colocar os modelos que mais gostou, ou que mais vendeu, em seu portfólio, como uma forma de atrair outros clientes que buscam pelo produto.

Alguns profissionais como fotógrafos e redatores, podem compor o portfólio com fotos que foram tiradas ou então, textos nos mais diferentes formatos que foram escritos, sempre com o propósito de apresentar aquilo que criaram.

Tendo diferentes modos de serem produzidos, quando se constrói um bom portfólio, a empresa ou o profissional possui grandes chances de serem ainda mais reconhecidos dentro do mercado. 

Tipos de portfólio

Se um curso de teatro para crianças decide montar um portfólio para apresentar mais dos seus serviços, existem quatro formas mais comuns para serem criados.

Embora muitos pensem que não possui mais valor, o portfólio impresso é um dos que pode fazer com que o fechamento de negócio ocorra logo após ser visto, devido ao impacto que causa no potencial consumidor.

Mas, para que esse impacto ocorra, é importante que o portfólio impresso tenha um papel de qualidade e uma boa impressão para dar um aspecto mais profissional, por isso, acaba sendo um recurso do qual não há meios para economizar.

Sendo um dos formatos mais utilizados, o portfólio digital acabou sendo um dos favoritos de muitos profissionais e empresas de curso NR10 devido ao campo de vantagens que abriga, especialmente porque o custo é menor que o impresso e pode ser mais compartilhado.

Contudo, esse modelo de portfólio se enquadra mais para algumas profissões, especialmente aquelas que mexem diretamente com o formato online, mas também há aqueles profissionais que desejam conquistar o cliente de início por meio do digital.

Dividido em dois formatos, o portfólio digital pode tanto ser feito em plataformas onlines ou então, pelo formato de PDF.

O Portable Document File, ou PDF, é um formato de arquivo que pode ter diversas páginas e pode ser elaborado em softwares gratuitos com as mais diferentes diagramações.

De modo que todos podem ter acesso a sua leitura devido aos programas que permitem abrir esse modelo de arquivo, que pode abrigar principalmente fotos e textos, na diagramação que o profissional escolher.

Já as plataformas online, podem ser aquelas que os profissionais podem personalizar de acordo com os seus gostos, ou então, o que combina com uma empresa de exame admissional, por exemplo, podendo contar até mesmo com vídeos para enriquecê-lo.

Alguns portfólios em plataformas digitais podem conter uma personalização mais simples, outros podem ser mais detalhados que lembram o lado profissional do indivíduo, podendo até mesmo em alguns casos, ter um currículo veiculado.

Criar um bom portfólio pode fazer com que muitas empresas e profissionais repassem como trabalham e o que podem oferecer para satisfazer os desejos que o cliente possui.

A importância de criar um portfólio

Entregar em um envelope personalizado A4 ou compartilhar um arquivo ou link de um site com os trabalhos que foram desenvolvidos, é um dos pontos que pode fazer com que o profissional ou a empresa se destaque no mercado.

Com um portfólio, o profissional ou a empresa pode mostrar melhor a sua identidade, principalmente quando se trata de algo personalizado que pode coincidir com o que os consumidores desejam para si, facilitando uma contratação.

Outro ponto importante do portfólio é a transmissão de confiança que se passa ao cliente, especialmente quando ele é novo e está buscando um serviço que atenda ao desejo dos seus pedidos, e com isso, um portfólio permite que o profissional se apresente.

Demonstrando que está ali para ajudar e desenvolver um bom trabalho, com isso, podendo prevenir a rejeição de clientes que, ao pedir uma prévia e não gostarem, acabam descartando os serviços.

O portfólio permite uma segmentação de clientes, fazendo com que os que entrarem em contato, estejam de fato procurando por um profissional e que desejam fechar negócios, de modo que não se perca o tempo com um cliente que não concluirá o acordo.

Dicas de como fazer

Se uma empresa de gestão recursos humanos ou um profissional desejam fazer um bom portfólio dos seus produtos ou serviços, algumas dicas podem contribuir com essa estratégia de conquistar mais clientes.

01. Definição de objetivo

Antes de criar de fato um portfólio, é importante que ele tenha um objetivo principal, seja para ter mais consumidores, apresentar os trabalhos para uma empresa como uma forma de contratação, ou então, ser um registro acadêmico.

Um portfólio também pode ser uma forma de uma loja divulgar seus produtos, ou um autônomo mostrar ao seus clientes que o seu trabalho é confiável, por isso, a definição do objetivo deve ser o primeiro ponto antes de começar a montagem.

02. Escolher os melhores trabalhos

Por ser algo que irá enriquecer o lado profissional e será o que ajudará a receber novos clientes, possibilitando uma fidelização, no portfólio deve conter somente os melhores trabalhos do profissional ou da empresa.

Isso porque são eles que irão mostrar as capacidades e habilidades, por isso, a escolha pode ser baseada de acordo com o feedback de trabalhos anteriores ou então, uma definição própria daqueles que mais gostou.

Se o portfólio apresentar mídias, é importante que haja uma boa qualidade, sejam fotos ou vídeos, para deixar a experiência para o cliente ainda mais enriquecida.

03. Organização

Do mesmo modo que uma entrega expressa de documentos exige uma organização, o portfólio também acaba exigindo que os trabalhos que forem sendo apresentados, no formato impresso ou então digital, também contenham uma organização.

Se for feito em uma plataforma online, alguns layouts podem contribuir para que seja de acordo com o que o profissional ou a empresa quer, repassando um pouco de sua essência e do seu trabalho para os consumidores.

Caso seja feito de um modo livre, do qual o profissional irá montar tudo desde o início, é importante que se tenha um cuidado para que a estrutura fique de um modo igualitário, dando assim, uma melhor apresentação ao cliente.  

Se trabalhos posteriores forem sendo adicionados, devem também estar dentro do enquadramento de organização.

04. Capa

Mesmo sendo algo simples, ter uma capa pode fazer uma grande diferença quando se trata de portfólio, porque ela acaba servindo com uma introdução que pode conter o nome do profissional ou da empresa, assim como as formas de contatá-lo.

A capa pode estar dentro do layout que será apresentado dentro do portfólio ou em alguns casos mais personalizado, a utilização da própria assinatura para dar um toque mais profissional e autêntico daquele profissional.

05. Entenda o nicho para qual ele será apresentado

Compreender o nicho do qual o profissional apresentará seus trabalhos também colaboram para como será feita a abordagem do portfólio, e até mesmo como ele pode ter seu layout elaborado para que o consumidor ache atraente no primeiro momento.

Quando se há uma compreensão do nicho, as chances do portfólio em um primeiro momento conquistar somente nas primeiras páginas ou até mesmo, nas primeiras imagens se conter mídias, se tornam ainda maiores.

Portanto, se deseja conquistar mais consumidores, quanto mais o conteúdo do portfólio ou a sua diagramação se aproximar do que eles podem gostar, maiores são as chances de se fechar negócio.

Considerações finais

Ter um portfólio é um modo de uma empresa ou profissional demonstrarem um pouco do seu trabalho, especialmente suas habilidades e suas capacitações para os clientes poderem fechar negócios com uma maior facilidade.

Sendo criado no formato impresso, digital, em PDF ou em plataformas digitais, o portfólio também é um modo de segmentar mais os clientes de serviços administrativos terceirizados, mostrando a eles um pouco dos trabalhos anteriores.

Deste modo, passando uma maior confiança, especialmente, entre os clientes que estão descobrindo o profissional.

Criar um portfólio pode ser algo prático, sempre passando para aqueles que irão receber que o profissional está disposto a ajudar de algum modo, e com isso, fechar negócios que podem ser duradouros.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.