Dores e Sintomas

O que Pode Causar a Dor de Estômago? Veja também remédio caseiro

A dor de estômago é característica como dor em região central superior abdominal.

E pode ser uma conseqüência de muitas enfermidades em relação ao estômago,

com duração de poucos minutos, ou mesmo durando por muitos anos se não for tratado corretamente.

Causas para Dor de Estômago

como aliviar dor de estômago rapido?

As causas mais comuns para dor de estômago se resumem:

  • úlcera gástrica
  • gastrite crônica ou aguda
  • gases
  • indigestão
  • dispepsia funcional

No entanto, há várias causas possíveis para dor no estômago, sendo exemplo:

  • câncer no estômago
  • enfermidades inflamatórias, como doença de Crohn- infecções pelos fungos, vírus, mais bactérias diferentes da Helicobacter pylori- remédios diversos de exemplo, antibióticos, e suplementos de vitaminas e sais minerais
  • infestação por parasitas
  • doenças isquêmicas

 

Tipos de Dor de Estômago

A dor de estômago pode ser de modo intermitente, agudo, ou crônico, se caracterizar leve ou bastante intensa, na queimação, ou somente uma dor.

De modo habitual há necessidade de exames complementares a alcançar diagnóstico, pois uma úlcera gástrica pode,

em determinadas situações, se apresentar de modo parecido com uma dispepsia funcional.

Sobre os fatores de risco ligados com dor em estômago de origem gástrica é possível citar o tabagismo,

utilização dos alimentos irritantes para mucosa gástrica, sendo exemplo frituras, certos condimentos, álcool e cafeína.

Ainda utilização de remédios, jejum prolongado, estresse emocional, e hábitos de higiene incorretos.

 

Veja também informações sobre:

Labirintite dá Dor de Cabeça? 

Estômago Doendo? 

Dente Estragado Pode Causar Câncer?

 

Tratamento para Dor de Estômago

Para diagnosticar a causa da dor de estômago, inicialmente devem ser feitos exame físico e anamnese,

com criteriosa avaliação de tipo da dor, sua intensidade e duração, aspectos de melhora ou piora, avaliar a história pregressa de paciente e os antecedentes familiares dele.

A partir daí, pode haver solicitação dos exames complementares pertinentes,

sendo exemplo exames de fezes, sangue, urina, endoscopia digestiva alta, ressonância magnética, tomografia computadorizada, cintilografia.

Quando definido o diagnóstico, passa-se para o tratamento direcionado a cada situação particular,

podendo fazer inclusão de dietas, alterações em estilo de vida, remédios, ou mesmo radioterapia e cirurgia.

Diante da dor em estômago, o médico sempre deve ser consultado logo,

devido ao grande leque de diagnósticos diferenciais que podem estar em questão.

 

Considerações finais

É importante lembrar que o infarto agudo de miocárdio pode fazer simulação de dor estomacal,

e por causa da dificuldade em certos casos da definição de diagnóstico, imediata avaliação impõe-se de modo a não existirem atrasos no começo do tratamento.

Sobre os cuidados, quando há dor de estômago, é ideal evitar os alimentos que possam agravar sintomas, não consumir bebidas alcoólicas, nem permanecer no prolongado jejum. Se a dor começar depois do início de usar determinado remédio, o indivíduo deve contatar o profissional da saúde para definição de possibilidade de suspender.

O indivíduo também deve ter atenção com a dor para comunicar informações a facilitar diagnóstico, sendo exemplo o horário do início da dor, a duração, relação da dor com jejum, comida, estresse, e como houve melhora da dor, se melhorou de modo espontâneo ou precisou de certo remédio.

 

Vídeo | Veja as possíveis causas com o Dr. Dayan Siebra

https://youtu.be/RcnGkigtsy8

 

Vídeo | Principais problemas de estômago com o Dr. Nelson Libone!

https://youtu.be/LvqmoHif4do

 

O que Pode Ser Dor no Estômago e Gases?

eveitar Dor no Estômago e Gases

O adulto médio passa o gás entre 13 e 21 vezes por dia. O gás é uma parte normal do processo digestivo.

Mas se o gás acumula no intestino e a pessoa é incapaz de expelir, pode começar a sentir dor e desconforto.

A dor de gás, inchaço, e freqüência de flato pode ser exacerbada por qualquer coisa que cause diarréia ou constipação.

O gás pode também ser causado por:

– comer exageradamente

– engolir ar enquanto come ou bebe

– mastigar chiclete

– fumar cigarro

– comer certos alimentos

 

Fazer uma consulta com o médico se os sintomas de gás:

– causarem desconforto

– mudar subitamente

– são acompanhados de constipação, diarréia e emagrecimento

O médico pode determinar a causa subjacente.

 

Condições que Causam Gás, Dores e Inchaço

Algumas condições podem causar excesso de gás.

Elas incluem:

– gastroenterite- intolerância à lactose

– doença celíaca

– doença de Crohn- diabetes

– úlcera péptica

– síndrome do intestino irritável

 

Como Livrar-se do Gás?

Muitas vezes, o gás é causado pelo que se come. O alimento é digerido principalmente no intestino delgado.

O que é deixado não digerido é fermentado no cólon com bactéria, fungo, e levedura como parte da digestão. Este processo produz metano e hidrogênio, que são expelidos como flatos.

Para muitas pessoas, mudar os hábitos dietéticos é suficiente para aliviar o gás e seus sintomas que acompanham.

Uma forma de determinar quais alimentos estão causando gás é por manter um diário alimentar. Os culpados comuns incluem:

– alimento rico em fibra

– alimentos com teor alto de gordura

– alimento frito ou picante

– bebidas gaseificadas

– ingredientes artificiais comumente encontrados em produtos pobres em carboidratos e livres de açúcar, como álcool de açúcar, sorbitol e maltitol- grãos e lentilhas

– vegetais crucíferos

– ameixa ou suco de ameixa

– alimentos contendo lactose, como leite, queijo, e outros produtos laticínios

– oligossacarídeos fermentáveis, dissacarídeos, monossacarídeos e polióis, moléculas encontradas em uma gama ampla de alimentos, como alho e cebola, que podem ser difíceis de digerir

– bebidas de fibra e suplementos de venda livre

Uma vez que descobrir qual alimento está causando gás, é possível mudar a dieta para evitar o culpado.

 

Prevenção do Problema

prevenção dor de estomago

Se nenhuma condição está causando o problema, prevenir o gás pode ser importante por alterar hábitos rotineiros e dieta:

– sentar-se durante cada refeição e comer devagar

– tentar não ingerir muito ar ao comer e conversar

– parar de mastigar chiclete

– evitar refrigerante e outras bebidas gaseificadas

– evitar fumar

– encontrar maneiras de trabalhar o exercício na rotina, como caminhar após uma refeição

– eliminar alimentos conhecidos a causar gás

– evitar beber com canudos

 

O gás pode ser doloroso, mas normalmente não é perigoso.

Se o gás ou inchaço são problemas, olhar para a dieta e estilo de vida para verificar quais mudanças é possível fazer.

Em muitos casos, a mudança de estilo de vida e dieta pode ser capaz de eliminar o problema completamente.

Marcar uma consulta com o médico se não perceber uma diferença após várias semanas de mudanças de estilo de vida e dieta.

Eles podem fazer testes para verificar se os sintomas são causados por uma condição médica.

 

Deixe uma Nota para Este Artigo!

Avaliação média: 4.6
Total de Votos: 314

O que Pode Causar a Dor de Estômago? Veja também remédio caseiro

Deixe um comentário