Pular para o conteúdo

Antes de pensar em lojas online (ecommerce), LEIA ISSO!

    Se você é um empreendedor que está pensando em lojas online para conseguir vender melhor e crescer rápido, este artigo é para você.

    Anúncio


    Não perca tempo nem dinheiro ao considerar a presença online do seu novo negócio, pergunte-se sobre o que fazer antes de mergulhar.

    E se você já está lá e tem problemas com a hospedagem do seu site, deve saber como migrar a hospedagem com sucesso.

    Anúncio


    Não perca esta leitura!, seja qual for o caso. Você aprenderá o que é necessário para avançar com o pé direito.

    Conteúdo:

    • Chaves para lojas online… que você deveria saber
    • Seleção de hospedagem para o seu site, não subestime!
    • Comentários para fechar.

    Para começar, vou falar sobre a seleção de hospedagem para o seu site. FIQUE ATENTO, porque mais tarde voltarei ao assunto para aprofundá-lo.

    Chaves para lojas online… que você deveria saber

    Vou abordar este ponto com a seguinte questão: Tem uma loja online e quer saber se é uma loja “boa”?

    Anúncio


    Cuidado, isso não vale só para quem já tem loja online. Também para quem não possui, pois estamos falando das chaves que devem estar presentes para ter sucesso.

    E a primeira coisa que você deve saber é o seguinte: são 3 pontos que a plataforma e o aplicativo da sua loja online devem te proporcionar.

    1. Tenha um gerenciador de conteúdo (CMS)

    Um gestor de conteúdos permite-lhe, entre outras coisas, modificar ou adicionar textos ou imagens à sua loja online, sem ter experiência e conhecimentos de programação.

    A esperança é que ele permita que você adicione novas páginas de maneira fácil, confiável e rápida, sem depender de especialistas.

    Outro requisito essencial é que deve incluir funcionalidades para alterar quaisquer banners e promoções na página principal.

    Se você pesquisar na internet, descobrirá que o WordPress é o CMS mais usado em sites. As estatísticas indicam que ele tem um domínio de mercado de quase 60%.

    2. Edite e publique páginas sem programação

    Um ponto chave é que a plataforma da loja online permite editar a “URL” (Uniform Resource Locator), os “títulos” e “descrições” das páginas, sem programação.

    Como indicamos antes, isso evita depender de programadores e especialistas.

    Por outro lado, editar as URLs e outros elementos do site é necessário para aplicar práticas que melhorem o posicionamento na web.

    E isso nos leva à necessidade de otimizar o site para os mecanismos de busca. Um tema relevante!

    Por exemplo, se você tem um blog para compartilhar conteúdo e direcionar informações para o(s) seu(s) segmento(s) de clientes e buyer persona, você precisa aplicar técnicas de SEO (Search Engine Optimization).

    Este não é apenas um ponto-chave, é também emocionante; um desafio para o seu negócio. Porque, você não gostaria de ser o primeiro nas buscas, por exemplo, que os compradores fazem no Google?

    E se você já tem um site online e precisa mudar de plataforma para melhorar esses e outros aspectos, pode ser a hora de migrar. E você pode fazer isso sem custo.

    Na verdade, você deve saber que existem soluções interessantes…

    Se você utiliza a plataforma WordPress, o ideal é migrar para uma hospedagem otimizada, com suporte técnico profissional, que irá te apoiar em qualquer tipo de problema que você possa ter.

    Portanto, ao migrar, tome cuidado com esta etapa! É essencial que você escolha um provedor profissional, seguro e responsivo.

    3. Tenha funcionalidades de lojas online de sucesso

    Existem funcionalidades que deve assegurar na aplicação para o seu negócio, e que são típicas de lojas online de sucesso.

    Mas antes de comentar algumas importantes, existe uma funcionalidade que considero fundamental. Refiro-me ao acesso dos clientes para saber o estado das suas encomendas.

    Todo cliente deseja rastrear seus pedidos. Portanto, você deve oferecer a possibilidade com a melhor acessibilidade e usabilidade possíveis.

    Tenha em mente que a acessibilidade faz parte dos princípios de atendimento ao cliente … que você deve aplicar todos os dias. E nas lojas online torna-se muito importante.

    Mas vamos ver alguns outros recursos importantes:

    • Produtos em destaque por categoria: você deve ter a opção de destacar em cada categoria, alguns produtos em detrimento de outros. É claro que as páginas das categorias devem ter um visual bem atrativo.
    • Carrinho de compras. Isso deve ser “dinâmico”. Deve permitir-lhe adicionar, eliminar ou modificar qualquer produto escolhido, sem ter que ir a uma página diferente para o fazer. Além disso, o carrinho de compras deve estar à vista e acessível para manipulação a qualquer momento.
    • Produtos relacionados: é uma funcionalidade chave, pois é ideal para apresentar ao cliente que localiza um produto, outros relacionados. É muito provável que eles se interessem e o levem para comprar, seja porque complementam ou porque é melhor.
    • Outros usuários compraram: é uma funcionalidade que informa o cliente, ao visualizar um produto, sobre outros produtos adquiridos pelos clientes que encomendaram aquele que estão visualizando. É muito provável que ele também esteja interessado.
    • Você também está interessado: ao adicionar um produto ao carrinho, é importante que o aplicativo mostre outros complementares. Por exemplo, baterias, papel de embrulho ou acessórios correspondentes.

    Seleção de hospedagem para o seu site, não subestime!

    Ao escolher um serviço de hospedagem, você deve ter em mente as necessidades do seu negócio online. Nesse sentido, recomendo que você faça uma lista de requisitos sobre o aplicativo e o site que espera ter.

    E essa lista deve ser discutida com a equipe de trabalho (usuários), e com futuros clientes, quando possível. A geração de ideias vai permitir-te, com certeza, definir o que queres, e depois partir para a procura de alternativas.

    Dentro dos requisitos, haverá técnicos, alguns dos usuários, outros do cliente. E assim, cada ator diante da futura loja online, que representa um “novo mundo”, dirá o que espera ou deseja.

    No caso de requisitos técnicos, um deles é a hospedagem do seu site.

    Assim deixo-vos 4 dicas úteis na hora de escolher um bom alojamento para alojar a vossa loja online.

    Dica 1. Evite hospedagem gratuita para lojas online

    Existe a chamada hospedagem gratuita que qualquer pessoa pode usar, mas costuma ser cara!

    O que a hospedagem gratuita busca é que o cliente comece a criar seu projeto web. Mas à medida que cresce, ele o convidará a atualizar para um plano pago mais avançado, para que seu site continue online.

    Dica 2. Suporte no idioma nativo

    A atenção do suporte técnico oferecido por uma empresa de hospedagem na web geralmente não é dada muita importância. Mas o contato com o suporte técnico é praticamente inevitável.

    O fato é que para evitar problemas de comunicação, o ideal é que seja na sua língua nativa. Usar tradutores automáticos pouco precisos, para entender uma explicação técnica, não é o melhor.

    Dica 3. Saiba que tipo de hospedagem você precisa

    Antes de iniciar o projeto web, é muito conveniente saber o que vai incluir no mesmo, de forma a escolher o alojamento certo, ajustado às necessidades.

    Com base nas estatísticas já citadas, o que os novos usuários mais procuram é hospedagem para criar um site com WordPress.

    Nesse sentido, se quisermos trabalhar com WordPress, precisaremos da hospedagem na web para usar determinadas ferramentas.

    Por exemplo, Linux, Apache, MySQL e PHP. Um caso é a ANW , hospedagem para profissionais, empresas e específica para WordPress e aplicações JAVA.

    Se uma hospedagem não oferecer esses recursos e quisermos, por exemplo, instalar o WordPress, não poderemos fazê-lo.

    Dica 4 – Instalações automáticas

    Não há nada mais complicado para um usuário comum do que ter que instalar manualmente os aplicativos de que precisa.

    Isso o leva a confiar em especialistas. Será necessário criar bancos de dados, usuários para esses bancos de dados, dar permissões, criar diretórios em diferentes locais do servidor e várias outras coisas.

    Claro, se você é um empresário especialista em sistemas de computação em nuvem, será muito fácil atender a todos esses aspectos técnicos.

    Mas…

    Se você está no setor de produtos de limpeza… e não é um especialista nessas tecnologias, pode ser difícil. Portanto, você dependerá de especialistas, o que não é necessariamente ruim… mas implica em custos adicionais.

    Conclusão

    Quer esteja a iniciar um negócio ou a navegar nas fases iniciais do seu negócio, se decidir ter uma presença na Internet com lojas online, prepare-se antes de investir.

    Quando você pensa em uma loja online, tudo parece simples. Porque a experiência com eles provavelmente nos transmite dessa maneira. Especialmente se tivermos usado lojas online bem projetadas.

    Mas a verdade é que por detrás de cada loja online existe uma série de decisões técnicas e não técnicas que fazem a diferença entre um site visitado e de sucesso, e um pouco atrativo que “assusta” o prospect ou cliente.

    Portanto, o que discutimos nesta leitura tem como objetivo fazer você “pensar e refletir” antes de agir. Com isso, você poderá garantir o investimento e ter a melhor loja online do seu setor.

    E se você já tem uma loja online, pelo que foi dito aqui, como você avalia, é uma loja “boa”?

    Anúncio


    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *