Saúde em Geral

Para que Serve a Fruta Araticum (Marolo) e Principais Benefícios

A fruta araticum, ou marolo, Annona crassiflora, tem fruto de tipo drupa, reunidos nas infrutescências globosas ou em alongamento, sendo as sementes fixas à polpa branca, mole e aquosa.

Sua frutificação é no fim do verão. Semelhante com pinha, no entanto, com casca mais resistente e rugosa, a coloração marrom e verde, ao ficar madura, a fruta é típica do cerrado do Brasil.

O peso do fruto é de 0.5 kg a 4.5 kg, apresentando de 60 a 190 gomos, oferecendo normalmente uma semente no interior.

Denominada também de cabeça-de-nego, a polpa muda do branco para amarelo, vermelho, com este último de sabor e aroma mais forte.

 

Usos da fruta araticum

araticum fruta pinha

Pode ser ingerida in natura e utilizada ainda em preparo dos doces, sorvetes, licores, geléias, bombons, iogurte, ou de ingrediente nas receitas com peixes e carnes.

A árvore apresenta de 4 a 8 metros em relação à altura. No entanto, é a sazonalidade o traço mais marcante do fruto.

As frutas são apanhadas somente entre meses de fevereiro e abril. Na média, a planta adulta faz produção de 5 a 20 frutos, porém, existem casos da produção de até 40 frutos.

A mesma é potencializada na ocasião de árvore ser cultivada nas áreas quentes, com precipitação pluviométrica baixa e estação seca bem marcada.

A produção dos frutos apenas inicia depois do quarto ano do cultivo.

Sobre a qualidade da polpa, há 2 tipos de frutos, o de polpa amarelada não tão macio e um tanto ácido, e o araticum da polpa rosada que é mais doce e mais macio.

Nos 2 casos, o processo para obter a polpa é semelhante e com rendimento baixo.

O araticum se mostra espécie de modo predominante alógama, de forma que as plantas oriundas de semente fazem segregação e não reproduzem fenótipo de planta mãe.

Mesmo dessa forma, a utilização das sementes é necessária a obter mudas ou para formar portas-enxertos.

 

Composição Nutricional do Araticum

A fruta tem teores das vitaminas do complexo B, tais como vitamina B1 e vitamina B2, sendo equivalentes ou superiores com achados nas frutas como banana, abacate, goiaba, que são determinadas de boas fontes dessas vitaminas.

O araticum se caracteriza fonte boa para ácidos graxos, em que 80% são monoinsaturados, 4% poliinsaturados, e 16% saturados.

É ainda fonte rica dos carotenóides, pró vitamina A.

 

Benefícios do Araticum

O araticum se caracteriza uma das frutas que tem enorme índice para aproveitamento na cozinha.

Além da ingestão in natura, há várias receitas das bebidas e doces que carregam o intenso sabor da polpa como licores, batidas, bolos, sorvetes, cremes, doces de coco, quindim, entre mais.

As sorveterias de Goiânia e Brasília, nas suas épocas, fazem picolés e sorvetes do araticum.

A espécie favorece economia formal e informal, no seu período da frutificação, e ainda fora deste período.

É fruta indicada ao reumatismo, verminoses, cólicas, e disenteria. E possui propriedades anti-reumáticas e antiinflamatórias. E as partes mais utilizadas são frutos, folhas e sementes.

Em medicina popular, a infusão de folhas e sementes pulverizadas funciona ao combate de diarréia e induzir menstruação.

 

Vídeo | Fruto encontrado no Sítio Faveira dos Matos – Piauí

https://youtu.be/zniFM_AW1eg

 

Leia também:

Para que Serve a Pitomba 

Deixe uma Nota para Este Artigo!

Avaliação média: 4.6
Total de Votos: 45

Para que Serve a Fruta Araticum (Marolo) e Principais Benefícios

Deixe um comentário