Conheça a Folha de manjericão tipos e benefícios

benefícios da folha de manjericão

Muitos chamam de alfavaca, tem pessoa que conheça por basílico ou manjericão.

É a mesma erva aromática, interessante para cozinha e cura.

Na realidade, a espécie Ocimum basilucum possui 64 variedades, a maioria com origem de área mediterrânica, nativas das regiões subtropicais e tropicais.

O manjericão se mostra rico nos minerais, vitaminas, antioxidantes e flavonóides, útil à proteção do organismo de envelhecimento e ao combate de efeitos em relação aos radicais livres.

Trata-se de erva com propriedades vigorosas anti-inflamatórias, analgésica, antibacterianas, antiséptica, antitérmica, emenagoga, digestiva, sedativa e expectorante.

E o manjericão promove digestão, e funcionamento adequado estomacal.

A dica é preferir consumo cru, de complemento nos molhos e saladas, de tempero para final de pratos, por cima, de forma a não perder seu valor nutricional e também curativo.

É considerado ainda tônico ao sistema nervoso e à mente, em especial na situação da fadiga, estresse, cansaço.

Uso da folha de Manjericão em Medicina Popular

Para infecções de pele e vias respiratórias, bronquite, rachadura em mamilo, febres, cólicas, insônia, flatulência, reumatismo, problemas digestivos.

Nos problemas cardíacos e venosos teve também aplicação boa como chá, como compressa. Em varizes, se coloca macerado das folhas do manjericão. Mas não apenas nesses casos o manjericão tem indicação.

O óleo essencial de manjericão se mostra bastante útil nas situações do estresse emocional e físico.

Em aromaterapia, é utilizado nos casos de dor estomacal, insônia, e indigestão.

Para aliviar resfriado e tosse há indicação de vaporizações usando óleo de manjericão na água ou soro fisiológico, e na base de óleo vegetal diluído, é excelente à massagem do músculo com problema.

Usos do Manjericão

Pode ser usado seco, já que é rico nos óleos essenciais. Porém, suas virtudes são destacadas quando fresco.

Já que é sensível para calor, adicionar manjericão no final da preparação de receita. O manjericão combina com tomate. E também segue bem com orégano, alho, cebola, azeite.

O sabor é levemente picante, saboroso nos molhos de pizza e massas, sopas, receitas com ovos, carnes suaves como frango e peru.

O manjericão não combina com carnes de intenso sabor. O manjericão apresenta vitaminas A, C, B1, B2 e B3, sem contar minerais como fósforo, cálcio, ferro. Devido aos seus componentes, seria antioxidante e antiinflamatório poderoso.

A pesquisa de Swiss Federal Institute of Technology, Suíça, indicou que tal benefício melhora a vida dos pacientes que sofrem de artrite.

Como plantar

Manjericão gosta do sol pleno, e tem preferência por solo fértil, drenado adequadamente, e que não vai acumular água, no entanto, necessita da rega regular.

E pode ser cultivado nos vasos das plantas, ou nos terrenos que se mostram bem adubados, e não gosta das geadas e frio, nem do excessivo calor, embora sim do sol.

E não resiste a tantas colheitas, sendo necessário do freqüente replantio.

Efeito Colateral e Contraindicação

Os efeitos colaterais de manjericão fazem inclusão das reações alérgicas, e tem contraindicação nas doses altas em gestação, em lactantes, e nas crianças com idade inferior a 12 anos.

Leia também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

0