Pular para o conteúdo

Socorro: Estou desempregada(o), o que fazer para ganhar dinheiro?

o que fazer quando se está desempregado
Foto de Liza Summer

Inicialmente, é importante salientar que estar desempregada(o) não significa que você esteja necessariamente na ruína.

Na verdade, existem diversas maneiras de ganhar dinheiro mesmo sem um emprego formal. Algumas destas maneiras são apresentadas logo a seguir.

O que fazer para ganhar dinheiro estando desempregada?

Primeiramente, uma dica importante é se manter ativo:

Participando de feiras de emprego, buscando vagas pela internet e redes sociais, e fazendo contatos com amigos, ex-colegas de trabalho e pessoas que possam ajudá-lo a encontrar uma nova oportunidade de emprego.

Outra dica é se qualificar e se atualizar:

Buscando cursos de capacitação que possam agregar valor ao seu currículo. Além disso, é importante estar aberto a experimentar novas coisas e a aceitar novas propostas de trabalho, mesmo que estas não correspondam à sua área de formação.

Uma terceira dica é manter a motivação e a autoestima elevadas:

Mesmo diante das dificuldades. Acreditar em si mesmo é um fator importante para vencer qualquer obstáculo.

Finalmente, uma última dica é manter a organização e o controle financeiro:

Evitando o endividamento. Planejar e administrar bem os gastos é fundamental para evitar dificuldades financeiras.

05 ideias criativas para quem está desempregado e precisa ganhar dinheiro rápido

Quando a vida nos dá uma grande surpresa, como a perda do trabalho, é preciso ter calma e inteligência para saber o que fazer.

Algumas pessoas acham que, estando desempregada, é hora de relaxar e deixar a vida rolar. Nada mais errado! Aproveite esse tempo para se dedicar ao seu empreendedorismo pessoal.

Você pode começar a fazer algumas atividades para ganhar dinheiro estando desempregada. Confira algumas dicas:

01 – Torne-se consultora:

Você pode oferecer seus serviços como consultora para diversas áreas. Pode ser consultoria de moda, beleza, saúde, finanças, etc. Basta se tornar especialista em alguma área e começar a oferecer os seus serviços;

02 – Crie um blog:

Esse é um trabalho que exige dedicação, mas que pode render bons frutos. Comece a produzir conteúdo de qualidade e se especialize em um nicho. Depois, comece a monetizar o seu blog com anúncios, produtos ou serviços;

03 – Torne-se youtuber:

Esse é um mercado em alta e que pode render bons frutos para quem tem habilidade de comunicação. Comece a produzir conteúdo relevante para o seu público-alvo e monetize o seu canal com publicidade ou produtos;

04 – Trabalhe como freelancer:

Essa é uma boa opção para quem tem habilidades nas mais diversas áreas. Escreva o seu currículo e procure por clientes que queiram contratar os seus serviços;

05 – Crie uma empresa:

Se você tem um bom plano de negócios e está disposta a correr riscos, talvez seja o momento de criar a sua própria empresa. Busque por apoio de profissionais qualificados e invista na divulgação da sua empresa.

Essas são apenas algumas ideias para você ganhar dinheiro estando desempregada.

Aproveite esse tempo para se dedicar ao seu empreendedorismo pessoal e colha os frutos mais tarde.

Gostou de nossas dicas, se inscreva em nossa lista de transmissão e compartilhe com um amigo!

06 – Ideias de franquias para que está desempregado

Há uma abundância de franquias para se investir, principalmente para quem está desempregado. Mas, como encontrar a franquia certa para você?

Algumas pessoas cometem o erro de começar a procurar uma franquia sem ter a menor ideia do que elas querem. Outros se focam em setores específicos, sem levar em consideração suas habilidades e interesses.

Por isso, é importante que você pense sobre o que deseja e o que é capaz de fazer. Em seguida, é hora de começar a procurar franquias que estejam de acordo com o seu perfil.

Para te ajudar, separamos algumas dicas de franquias para quem está desempregado. Confira!

01 – Franquia de alimentação

Uma das franquias mais populares é a de alimentação. Isso se deve à grande variedade de opções que esse setor oferece, além da facilidade de começar um negócio dessa natureza.

Há franquias de lanches, pizzas, comida mexicana, chinesa e até japonesa. Se você tem afinidade com a cozinha, esse pode ser o setor ideal para investir.

02 – Franquia de beleza

A beleza é outro setor que está em alta. Há uma grande demanda por serviços de beleza, especialmente para homens e crianças.

Por isso, se você é bom em cortar cabelos, fazer escova, massagem ou qualquer outro serviço do ramo, essa pode ser uma ótima opção de franquia para você.

04 – Franquia de informática

Se você é bom com computadores, a franquia de informática pode ser uma excelente opção. Esse é um setor que cresce a cada dia e oferece grandes oportunidades de negócio.

Além disso, a franquia de informática é relativamente barata e fácil de administrar. Por isso, é uma boa opção para quem está começando um negócio.

05 – Franquia de marketing digital

Outra franquia em alta é a de marketing digital. Esse é um setor que vem crescendo muito nos últimos anos e oferece grandes oportunidades de negócio.

Além disso, a franquia de marketing digital é relativamente barata e fácil de administrar. Por isso, é uma boa opção para quem está começando um negócio.

06 – Franquia de serviços

Há uma grande procura por serviços de qualidade hoje em dia. Por isso, as franquias de serviços estão crescendo cada vez mais.

Serviços de limpeza, manutenção, transporte, cuidados com animais e muitos outros estão em alta. Se você é bom em algum serviço específico, essa pode ser a opção de franquia ideal para você.

Gostou de nossas dicas? Então se inscreva em nossa lista de transmissão e compartilhe com um amigo!

Perguntas e respostas frequentes sobre desemprego:

  • O que posso vender estando desempregado? 

    Certamente, essa é uma pergunta que todos os desempregados se fazem. Afinal, precisamos de dinheiro para sobreviver!

    Existem diversas formas de ganhar dinheiro vendendo coisas, e hoje vou te apresentar algumas ideias.

    Você pode vender produtos artesanais, como bijuterias, velas aromáticas ou até mesmo produtos feitos em casa, como cookies e bolachas. Também é possível revender roupas e calçados usados ou mesmo produtos de beleza.

    Além disso, você pode oferecer serviços como manicure, pedicure ou massagem.
    Qualquer coisa é válida para gerar renda! Basta ter criatividade e disposição para começar a vender.

  • Estou desempregada e não sei o que posso fazer?

    Calma! Existem diversas opções para quem está na mesma situação. Você pode, por exemplo, dedicar-se a um projeto pessoal, aprender uma nova profissão ou até mesmo viajar.

    Essa é uma excelente oportunidade para conhecer outras culturas, experimentar novos sabores e se divertir bastante.

    Além disso, é sempre bom ter algo para contar nas entrevistas de emprego futuras. Então, vamos começar a planejar as suas próximas aventuras?

  • Quem está desempregado tem direito a algum benefício?

    Sim, é claro! Existem diversas formas de obter auxílio financeiro enquanto se procura uma colocação no mercado de trabalho.

    Os programas do governo, como o Bolsa Família e o Minha Casa, Minha Vida, são alguns exemplos. Além disso, muitas empresas oferecem ajuda financeira para quem está em busca de um emprego.

    Entre as vantagens oferecidas por essas companhias estão: bônus para contratações, auxílio-moradia e auxílio-transporte.

    Quem quiser saber mais sobre os benefícios que podem ser obtidos durante a busca por um novo emprego pode consultar o site da Catho Brasil

  • Estou desempregado tenho direito a algum benefício do governo?

    Sim, você tem direito a vários benefícios! Dependendo do seu caso, pode receber auxílio-doença, salário-maternidade, abono salarial ou pensão por morte.

    Procure informações na Previdência Social sobre os requisitos para cada um desses benefícios e faça o cadastro corretamente. Com certeza, isso lhe trará mais tranquilidade durante esse momento de transição.

  • O que fazer para ganhar dinheiro quando se está desempregado?

    Primeiramente, é importante ter em mente que existem várias formas de conseguir renda mesmo sem um emprego fixo.

    Uma delas é buscar oportunidades de trabalho temporário, que podem ser encontradas em agências especializadas ou até mesmo na internet.

    Outra alternativa é se dedicar ao home office, oferecendo os serviços profissionais por meio de sites como o Workana.

    Por último, mas não menos importante, é possível começar a investir em um negócio próprio e apostar na criação de um produto ou serviço inovador. Independentemente da escolha, é fundamental ter foco e persistência para alcançar os objetivos.

  • Estou desempregado e não consigo emprego?

    Não se preocupe! Muitas pessoas estão na mesma situação. O importante é manter a esperança e buscar por alternativas.

    Talvez você possa fazer um curso para melhorar as chances de encontrar um novo emprego ou tentar se inscrever em programas de recrutamento.

    Além disso, é importante participar de eventos e reuniões relacionados ao mercado de trabalho e manter contato com amigos e conhecidos que possam te ajudar. Nunca desista dos seus sonhos!

  • Qual banco oferece empréstimo para desempregado?

    É importante ficar atento a esse tipo de oferta, pois o empréstimo pode ser uma ótima maneira de conseguir se financiar e começar um novo negócio.

    Muitos bancos oferecem condições vantajosas para quem está sem emprego, então é importante pesquisar bem antes de fechar qualquer negócio.

    Fique atento às taxas de juros e às parcelas que você terá que pagar mensalmente, pois elas podem influenciar diretamente no seu orçamento.

    Procure também informações sobre os limites do empréstimo e os prazos para pagamento. Essas são apenas algumas dicas que podem te ajudar na escolha do melhor banco para você.

  • O que o desempregado tem direito?

    Segundo a legislação brasileira, o desempregado tem direito a receber seguro-desemprego, que é um benefício concedido pelo governo para auxiliar na manutenção da renda durante a procura por um novo emprego.

    Além disso, o trabalhador também pode solicitar o abono salarial, que é uma espécie de indenização paga pelo empregador em casos de demissão sem justa causa.

    Vale lembrar que estes são apenas alguns dos direitos do trabalhador desempregado, que podem variar de acordo com cada situação.

    Por isso, é importante consultar um advogado especializado em direito do trabalho para saber exatamente quais são os seus direitos e as melhores formas de reivindicá-los.

Gostou de nossas dicas neste web stories? Então deixe uma comentário, se inscreva em nossa lista de transmissão e compartilhe com um amigo!

Veja também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.