Pular para o conteúdo

Como promover a saúde no trabalho?

    saúde no trabalho

    Um mercado que busca uma integração cada vez maior de seus funcionários com os valores da empresa, demanda, em grande medida, também, uma atenção redobrada com aspectos relacionados à saúde no trabalho.

    Anúncio


    Dentro dessa perspectiva, é importante ressaltar que os funcionários passam grande parte do seus dias presentes no ambiente da empresa.

    Seja em home office ou presencial, é necessário que algumas medidas sejam tomadas para que a equipe não tenha nenhum tipo de problema de saúde.

    Anúncio


    Isso, além de ter um aspecto humanizador muito importante, garante, sobretudo, uma produtividade maior do ponto de vista do empregador.

    Esse aumento se dá por causa do bem-estar que se pode causar a partir de algumas atitudes.

    Se um escritório presencial na capital carioca estiver com o ar condicionado quebrado em pleno verão,  é necessário que a contratação do serviço de instalação e desinstalação de ar condicionadoseja feita para que ninguém naquele ambiente passe mal com o calor.

    São nas coisas corriqueiras que moram as principais causas do adoecimento dos funcionários de uma empresa.

    Anúncio


    Garantir, portanto, um ambiente agradável que tenha cuidados com seus funcionários pode gerar alguns benefícios:

    • Aumento da produtividade;
    • Baixa na evasão de funcionários;
    • Menor desfalque na equipe;
    • Maior satisfação com o trabalho.

    Além desses pontos, é importante entender que a saúde não corresponde só à estrutura física de um funcionário, mas, também, seus aspectos psicológicos.

    Como se dá a saúde no trabalho?

    Dentro dos aspectos legais, o Ministério da Economia do Brasil determina alguns cuidados que precisam ser tomados para a segurança do trabalho.

    Esses aspectos mais burocráticos se relacionam mais ao uso de EPI’s para determinados serviços de riscos e, também, alguns mecanismos de ressarcimento por insalubridade.

    No entanto, esse é um aspecto técnico da saúde do trabalho que todas as empresas precisam seguir para não incidir em crimes trabalhistas.

    Contudo, há, para além disso, uma perspectiva de saúde do trabalho para fortalecer os laços dos empregados com o empregador.

    Ou seja, é importante que toda a empresa tenha o objetivo de garantir que sua equipe esteja sempre alinhada a boas práticas de saúde para que ela não adoeça.

    Um ambiente sujo, por exemplo, pode atrair algumas pragas que causam doenças na equipe. A contratação de serviço de limpeza geralé importantíssima para que isso não ocorra e não haja um desfalque na equipe.

    Com isso, é possível perceber que quanto mais detalhados forem os cuidados de uma empresa para com seus funcionários, mais qualificado ficará o ambiente para o aumento da produtividade.

    O que fazer para ter saúde no trabalho?

    Apontando quais são os aspectos positivos de se entender as dinâmicas de saúde de uma equipe, já é possível avançar em como promovê-las.

    É certo, claro, que cada empresa possui uma dinâmica específica e, com isso, acaba por ter demandas mais específicas. No entanto, essa perspectiva tem que ser alinhada sempre com o departamento de recursos humanos.

    É a partir dele que será possível identificar quais as dores dos funcionários para, enfim, saná-las.

    Para que isso ocorra, são necessários alguns passos fundamentais. No entanto, o mais importante de todos é que a equipe e o departamento de RH estejam em constante diálogo.

    Para isso, é possível adotar algumas ferramentas para que os trabalhadores façam seus apontamentos.

    Supondo que uma empresa que presta serviço de emissão de laudo de caracterização ambientalestá enfrentando alguns problemas com os funcionários responsáveis por essa fiscalização por conta de seus adoecimentos.

    Só um departamento de RH coeso com as práticas dentro da empresa pode entender quais são os fatores que estão levando esses profissionais a adoecer.

    As possibilidades são imensas e, diante da diversidade do mercado de trabalho, não há como afirmar regras para a manutenção de uma boa saúde.

    No entanto, algumas dicas são essenciais para o melhor desempenho de uma equipe e elas devem ser consideradas:

    Foco na saúde mental

    É certo que a saúde física é um fator que deve sempre ser levado em consideração, mas o foco na saúde mental é primordial.

    Isso porque, diante desse tópico, é mais difícil identificar alguns problemas, uma vez que eles podem se apresentar de forma mais invisível.

    Ou seja, nem sempre um exame toxicológico para empresaspode identificar a intoxicação emocional que aquele funcionário está passando.

    É muito comum que em ambientes e funções de altas demandas, os funcionários se sintam cada vez mais pressionados.

    Esse aspecto é um sentido muito comum dentro do ambiente corporativo. Entretanto, o excesso de estresse pode acarretar em quadros de burnout.

    Um quadro psicológico adoecido pode ser o fator determinante para um funcionário deixar uma empresa ou, na pior das hipóteses, de forma irreversível, atentar contra a própria saúde física.

    Diante disso, algumas atitudes podem ser tomadas para que esses riscos não surtam efeitos.

    Por exemplo, se porventura o funcionário tiver alguma deficiência física e todo dia ter de enfrentar os percalços de uma empresa que não tem acessibilidade, isso pode gerar um problema.

    Contudo, a partir dessa demanda, já é possível fazer a contratação de adaptação veicular para cadeirantespara que, assim, aquele funcionário possua maior independência e não passe por momentos de constrangimento.

    Para que isso ocorra de forma satisfatória, é essencial que o RH esteja integrado à essa demanda.

    Facilite atividades físicas

    Esse ponto é essencial, sobretudo àqueles que passam o dia sentados em suas mesas de escritório.

    É possível fazer algumas coisas para melhorar a saúde motora daquele ambiente. Uma delas é incentivar algumas pausas no expediente para que a pessoa possa caminhar.

    Além disso, existem parcerias que as empresas podem fazer com planos de academia para facilitar o seu acesso.

    Por exemplo, em trabalhos que exigem maior condicionamento físico como manutenção de empilhadeira a combustão, é necessário que haja uma preocupação com a saúde física daqueles funcionários.

    Uma coisa são as atividades repetitivas que o trabalho pode oferecer, outra muito diferente é a capacidade que as academias têm de condicionar o seu corpo para o trabalho.

    Adotar a cultura de feedback

    É fato que um dos grandes pontos a serem destacados é o das angústias que os funcionários sentem quando não sabem como a empresa está vendo a sua produtividade.

    Esse sentimento pode influenciar, sobretudo, no primeiro ponto que foi tratado aqui: a saúde mental. No entanto, uma cultura de feedback não é só benéfica para a saúde do funcionário, mas para a empresa também.

    Uma vez que essa perspectiva pode ser adotada como uma via de mão dupla. Ou seja, é possível que o funcionário trate as suas demandas de forma honesta.

    Supondo que ele está incumbido de fazer a retirada de entulho ensacadoda porta da empresa, mas, eventualmente, está com alguma dor que o incomoda.

    Se houver esse espaço de comunicação sem julgamento, é possível que essa função seja facilitada para que ele não piore o seu quadro.

    Além disso, é possível entender a dinâmica salarial a partir disso. Às vezes, o trabalhador está procurando meios de ser reconhecido através do aumento salarial.

    Se tudo isso foi conversado em um espaço aberto e honesto da empresa com o funcionário, é inevitável que isso ajude na saúde daquela equipe.

    Considerações finais

    A partir de todas as informações levantadas neste artigo sobre a saúde no trabalho, é possível que alguns aspectos sejam levados em consideração na hora da empresa entender em quais dinâmicas se deve focar.

    Diante de um mercado cada vez mais competitivo e que demanda novos desafios, é necessário ter uma equipe coesa e saudável para que se possa apostar nesse ambiente dinâmico.

    Além disso, é preciso que algumas normas sejam cumpridas para o cumprimento legal das disposições do Ministério da Economia. O curso de Nr 1pode ser essencial nesse sentido, uma vez que ele busca a compreensão total das normas de medicina do trabalho.

    Contudo, não basta que os dispositivos legais sejam respeitados para se obter uma equipe saudável e produtiva. Para isso, é fundamental que algumas dicas sejam levadas em consideração para serem incorporadas no ambiente de trabalho.

    O foco na saúde mental, hoje, tem ganhado um grande destaque por parte do mercado, uma vez que a sua dinamicidade pode incidir em problemas graves para o corpo de funcionários.

    No entanto, garantir uma boa prática de feedbacks e, sobretudo, acesso a profissionais de psicologia pode ajudar nessa incursão.

    Outro ponto fundamental, também, está nos aspectos físicos daqueles funcionários. A adoção de incentivo às atividades físicas pode ajudar muito nesse sentido.

    No entanto, é importante, se tiver ao alcance da empresa, que um plano de saúde seja destinado a seus funcionários para que, assim, outros possíveis problemas sejam resolvidos.

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Anúncio


    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *